Pesquisar no blog

24 de junho de 2009

Uso do Laboratório Didático de Física como Ferramenta Auxiliar no Ensino de Mecânica

Exploramos em nossa atividade de Ensino de Física, em algumas aulas de Mecânica, o Laboratório Didático de Física Geral da SETREM, com a finalidade de desenvolver conceitos de vetores, aplicação das Leis de Newton, as relações matemáticas, ângulos de inclinação, força de atrito (fat), força normal de reação (N), uso do dinamômetro como instrumento de medida da força (Newtons) e outros assuntos que surgem naturalmente neste tipo de atividade didática.

Neste espaço de aula, os estudantes e o professor são desafiados a desenvolver relações entre as grandezas, fazer análise das medidas obtidas e compará-las com os valores teóricos calculados, trabalhar em equipe, escrever sobre o que está estudando, visualizar aplicação práticas dos tópicos da mecânica estudados em sala de aula.

Que relações matemáticas e físicas você consegue estabelecer a partir da imagem abaixo? Quais forças o dinamômetro está medindo? E por que o sistema (carrinho) está em equilíbrio?

Quer saber mais sobre este assunto? Então recomendo que assista o vídeo (professor Arthur) disponibilizado abaixo, onde é apresentado um exemplo de plano inclinado, a decomposição dos vetores, força resultante em um plano inclinado e sua relação com a segunda lei de Newton e a força de atrito.

video

Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=MXqWaRB_tmE

Agora, você está preparado para ampliar e aprofundar os seus estudos sobre plano inclinado, para tal, recomendamos o uso do simulador de plano inclinado desenvolvido pela equipe do professor Romero Tavares (UFPB). Clique com o mouse sobre a figura abaixo e explore o simulador, variando o ângulo de inclinação, o coeficiente de atrito, a massa do objeto, faça a análise gráfica e vetorial observando a aplicação dos principais conceitos físicos estudados.

Fonte: http://www.fisica.ufpb.br/~romero/objetosaprendizagem/Rived2008/03bForcasPlanoInclinado/animacao/anim.html

Sobre os direitos autorais do simulador e a possibilidade de distribuição Clique Aqui


Faça o seu comentário sobre o assunto e ou deixe as suas dúvidas registradas para que possamos responder as mesmas neste espaço.

1 de junho de 2009

Continuando o desafio das interpretações da Física Quântica

Leitores! Abaixo disponibilizamos um vídeo que trata do experimento das fendas, o que permite ampliar a discussão sobre conceitos da Física Quântica. Assista ao vídeo de forma detalhada e posteriormente postando os seus comentários neste blog.
video
Fonte: www.youtube.com/watch?v=lytd7B0WRM8

Leia também sobre Quem Somos Nós.

Deixe os seus comentários, dúvidas e suas curiosidades neste blog.

Desenvolvendo a Leitura e a Escrita na Escola

Prezados Leitores! Estivemos nos dias 29 e 30 de maio (2009), participando do Encontro Nacional de Professores de Língua Portuguesa, Física, Química e Biologia da Rede Sinodal de Educação, encontro este organizado pelo Colégio Sinodal de Roca Sales, da cidade de Roca Sales – RS.

A temática central do evento foram as MÚLTIPLAS LINGUAGENS NA ESCOLA: desafios à compreensão e à apropriação, objetivando fazer com que professores e escolas reflitam sobre a responsabilidade dos diferentes componentes curriculares envolvidos, como co-responsáveis pelo desenvolvimento da leitura e a escrita na escola.
Frente às temáticas apresentadas, continuo sugerindo a todos que os projetos interdisciplinares e transdisciplinares com os nossos estudantes, são uma das ferramentas mais eficazes no sentido de ampliar a leitura e a escrita de nossos professores e estudantes.
Defendo esta metodologia de trabalho com os estudantes, pois estas atividades desenvolvidas através de projetos apresentam algumas características básicas:
- As atividades levam os alunos a pensar;
- as atividades originam novas perguntas e novos problemas;
- têm múltiplas vias de aproximação do professor e aluno;
- os alunos interagem com seus companheiros;
- há momentos para realizar tarefas em casa;
- as atividades desenvolvem o pensamento em diferentes formas, fomentam a persistência e contribuem a criar atitudes positivas;
- o aluno produz a sua interpretação sobre o assunto que está sendo pesquisado;
- criam a necessidade no educando da produção, pois o mesmo necessita elaborar textos, artigos, apresentações, relatórios, elaborar questionários, tabular dados e interpretá-los;
- cria a necessidade de confrontar idéias e práticas de diferentes autores, sobre o mesmo assunto;
- envolve as diferentes metodologias de pesquisa.

E você o que considera importante, para desenvolver a leitura e escrita na sua escola ou curso? Deixe o seu comentário.